A História da Sociedade Teosófica Vol I – Henry S. Olcott

Sociedade Teosófica

Exibindo todos 3 resultados

  • 0 out of 5
    R$60,00 R$30,00

    Em outubro de 1874 Henry Steel Olcott (1832-1907), conheceu a russa Helena Petrovna Blavatsky, que, depois de inúmeras viagens pelo mundo e iniciações esotéricas recebidas no Tibete, estava investigando, como ele, fenômenos espíritas daquela época.

    Em novembro do ano seguinte, eles fundaram a Sociedade Teosófica, Olcott foi eleito presidente e permaneceu na presidência durante mais de trinta anos.

    Ele manteve um diário no qual anotava minuciosamente o que dizia respeito a S.T e a Blavatsky.

    Com base nesse diário, escreveu uma obra em seis volumes, contando a história da S.T. até 1898.

    Neste primeiro volume encontram-se relatos impressionantes (e extremamente detalhados) sobre os primórdios da Sociedade Teosófica e a extraordinária personagem que foi Helena Petrovna Blavatsky.

    Comprar
  • 0 out of 5
    R$35,00 R$17,50

    A Sociedade para Pesquisas Psíquicas, em 1885, levando em consideração o Relatório Hodgson, que não é um estudo científico, acusou Blavatsky de ter forjado as Cartas dos Mahatmas.

    Um século mais tarde, a mesma Sociedade procurou reparar suas injustas e caluniosas acusações, publicando um estudo sobre o relatório original, realizado por um dos seus mais bem conceituados membros, Vernon Harrison, Gerente de Pesquisa da Thomas de La Rue (Casa da Moeda) e que atuou também como perito em vários processos judiciais sobre falsificações.

    Esta obra, baseada em análises dos originais das Cartas dos Mahatmas feitas com microscópio, tornou-se um importante indício científico em favor da autenticidade das Cartas, e, portanto, também um indício científico da existência de Homens Perfeitos, ou seja, é a antítese do Relatório Hodgson do século XIX.

    Harrison relata que “O relatório Hodgson estava cheio de declarações tendenciosas, conjecturas tidas como fatos ou fatos prováveis, com afirmações não confirmadas de testemunhas que não foram nominadas, seleção de evidências e até mesmo falsificações”.

    O resultado da investigação atual, que se estendeu por mais de quinze anos, é agora apresentado na esperança de que futuros biógrafos da Sra. Blavatsky, os compiladores de livros, referências,enciclopédias, bem como o público em geral, venham a entender que o Relatório Hodgson não tem o modelo de investigação imparcial que lhe foi atribuído: é falho e não confiável!

    Comprar
  • 0 out of 5
    R$23,00 R$11,50

    A Sociedade Teosófica foi fundada em Nova Iorque, no dia 17 de novembro de 1875, por um pequeno grupo de pessoas, dentre as quais se destacavam a Sra, Helena Petrovna Blavatsky e o Cel. Henry Steel Olcott, seu primeiro presidente. Seus três objetivos são:

    1) Formar um núcleo de fraternidade universal da humanidade, sem distinção de raça, sexo, casta ou cor;

    2) Encorajar o estudo da religião comparada, da filosofia e da ciência;

    3) Investigar as leis não explicadas da Natureza e os poderes latentes do homem.

    A aceitação do primeiro objetivo é a única condição de adesão à Sociedade Teosófica. Os seus membros devem descobrir a Verdade que emerge do estudo, da reflexão, da purificação da vida, da devoção a esses ideais elevados, que não são dogmas impostos por determinada autoridade. Os membros estão ligados entre si não por terem as mesmas crenças e sim pela mesma busca, pela aspiração à Verdade.

    Sri Ram (1889-1973) foi o quinto presidente internacional da Sociedade Teosófica, tendo permanecido no cargo durante 20 anos. O autor combina neste livro um profundo conhecimento das tradições orientais com uma fina percepção do pensamento e conhecimento ocidentais modernos, demonstrando uma compreensão sensível dos problemas humanos. Seu estilo transmite ideias profundas de um modo lúcido e cativante, lançando uma nova luz sobre a natureza do trabalho esotérico.

    Comprar